‹ Voltar

Carta do Santo Padre Pio ao seu diretor espiritual, Padre Agostino: Na sexta-feira pela manhã, eu ainda estava na cama quando Jesus me apareceu

09.06.2017 -

n/d

Meu caríssimo Padre,

Na sexta-feira pela manhã, eu ainda estava na cama quando Jesus me apareceu. Estava todo maltratado e desfigurado. Ele me mostrou uma grande multidão de sacerdotes regulares e seculares, entre os quais vários dignitários eclesiásticos; destes, uns estavam celebrando, outros falando, e outros se despindo das vestes sagradas.

Como a visita de Jesus angustiado causava-me muita dor, eu quis lhe perguntar por que Ele sofria tanto. Não obtive resposta. Contudo, seu olhar recaiu sobre aqueles sacerdotes; mas, pouco depois, quase como se estivesse horrorizado e cansado de ver, Ele retirou o olhar e, quando o pousou sobre mim, com grande horror observei duas lágrimas que lhe sulcavam o rosto. Ele se afastou daquela multidão de sacerdotes com uma grande expressão de desgosto em seu rosto, gritando: 'açougueiros!'

E voltando-se para mim, disse: 'Meu filho, não creia que minha agonia durou apenas três horas; não, Eu estarei, por causa das almas mais beneficiadas por mim, em agonia até o fim do mundo. Durante o tempo de minha agonia, meu filho, não se deve dormir. Minha alma vai à procura de qualquer gota de piedade humana, mas ai daqueles que me deixam sozinho sob o peso da indiferença. A ingratidão e o sono dos meus ministros tornam mais aguda a minha agonia.

n/d

Ai daqueles que correspondem mal ao meu amor! E o que mais me aflige e custa é que, à indiferença, eles somam o desprezo, a incredulidade. Quantas vezes estive para fulminá-los, se não fosse impedido pelos anjos e pelas almas que me veneram. Escreva ao seu diretor espiritual e narra-lhe tudo o que viu e ouviu de mim esta manhã. Diga a ele que mostre sua carta ao Padre provincial...'

Jesus ainda continuou, mas o que me disse jamais poderei revelar a nenhuma criatura deste mundo. Esta aparição causou-me tanta dor no corpo, e mais ainda na alma, que durante todo o dia fiquei prostrado e achei que ia morrer, se o dulcíssimo Jesus já não me tivesse revelado. Jesus tem infelizmente razão de lamentar de nossa ingratidão! Quantos de nossos irmãos desgraçados não correspondem ao amor de Jesus lançando-se de braços abertos na infame seita da maçonaria! Oremos para que o Senhor ilumine suas almas e toque seus corações.

(Lettera di Padre Pio al suo padre spirituale Padre Agostino, transcrita em 'Padre Pio da Pietrelcina', 2002)

Fonte: www.sendarium.com

 

Veja também...

Lembrando o Padre Pio e os Anjos da Guarda: Nunca diga que você está sozinho na batalha contra os seus inimigos, não se esqueça desse companheiro invisível

Lembrando que Santo Padre Pio não tolerava vestidos curtos ou com decotes baixos, saias justas, e meias-calças transparentes, dentro da Igreja, que é a Casa de Deus

O rigor do Padre Pio diante do pecado do aborto salvava as almas dos pecadores. Ele tinha certeza de que tal pecado não podia ser tratado como algo comum

Você já ouviu falar do misterioso frade que salvava soldados durante a Segunda Guerra Mundial?

A chaga secreta e dolorosa que o Padre Pio só revelou em vida ao futuro Papa João Paulo II

 



LOCALIZAÇÃO
Rua Azulão, n° 21 - Bairro Ariribá - Bal. Camboriú - SC
CEP: 88.338-505

CONTATO
(47) 3360-7167
eugenio@ceifadores.com.br

Desenvolvido por:


PluGzOne